Chat with us!

Video Marketing: o que é e como utilizar na sua estratégia

Nos dias de hoje, é fundamental ter clareza sobre a importância do video marketing para o seu negócio.

Neste post, vamos te contar tudo sobre o assunto e sobre como você pode começar a usar em sua estratégia de marketing.

Afinal, o marketing tradicional como conhecemos vem apresentando uma queda significativa em sua eficácia e, em contrapartida, a popularidade dos conteúdos em vídeo segue em disparada. 

Profissionais de marketing devem olhar com atenção para estratégias de video marketing

Muito provavelmente você sente os efeitos colaterais de viver numa sociedade hiperconectada e acelerada, na qual a transformação digital tomou conta da sua rotina sem você perceber. 

Atualmente, lidamos com um volume enorme de informações em nossas telas todos os dias. Por sinal, muito mais informação do que somos capazes de absorver. 

E, nessa disputa diária pela atenção das pessoas, dados apontam que desenvolver uma estratégia de conteúdo em vídeo pode te colocar à frente dos seus concorrentes. 

As marcas precisam parar de interromper a rotina do usuário e começar a entreter o seu possível consumidor. Para isso, é necessário ter um discurso muito alinhado à cultura e que acompanhe o espírito do tempo. 

E, nessa briga, os conteúdos em vídeo levam a melhor. 

Estudos apontam que, a partir de 2020, o vídeo na internet se tornou a principal fonte de informação para 66% das pessoas em todo o mundo.

Quer saber um pouco mais sobre o assunto e se tornar um especialista no universo do video marketing? Veja tudo o que você precisa saber para não ficar atrás dos seus concorrentes quando o assunto é produzir conteúdo em vídeo. 

Boa leitura!

O que é Video Marketing?

Em essência, o marketing de vídeo é o uso das estratégias em vídeo para aumentar a percepção e alcance da sua marca, criar engajamento com a sua comunidade e, por fim, impulsionar as vendas do seu negócio. 

Uma boa estratégia de marketing digital acontece na interseção entre conteúdos relevantes em formato de vídeo

O vídeo marketing digital é algo relativamente recente no mercado. Ele surgiu por volta de 2010, mas a democratização do uso dessa estratégia aconteceu apenas quatro anos depois. 

Atualmente, o video marketing vem se tornando cada vez mais acessível por conta de dois motivos: o surgimento de ferramentas gratuitas de edição e produção de vídeo e a evolução das mídias sociais.

No TikTok, por exemplo, as pessoas conseguem produzir um conteúdo em vídeo em questão de segundos dentro de um único aplicativo. 

Há 10 anos atrás era inimaginável fazer um processo de rotoscopia (trocar a face das pessoas em vídeo) em menos de 24 horas. Hoje, você consegue em minutos e em um aplicativo 100% gratuito. 

Além disso, o custo dessa produção, no passado, era um dos principais fatores que impediam a criação de conteúdos em vídeo.

Na atualidade, é absolutamente possível produzir um conteúdo em vídeo com qualidade de estúdio sem sair de casa (ou do escritório), gastando pouco e em um espaço de tempo bem curto.

Outro fator fundamental nessa crescente do video marketing no digital é a alta demanda das redes sociais. 

O futuro do marketing digital

De acordo com a pesquisa The State of Video Marketing 2021, as pessoas assistem a uma média de 18 horas de vídeo online por semana. E 15% dos usuários vão além, assistindo a vídeos por mais de três horas por dia. 

A equipe do Hubspot apontou que 78% das pessoas assistem a vídeos online todas as semanas, enquanto 55% assistem a vídeos todos os dias. O Google apresentou dados que afirmam que 6 em cada 10 pessoas preferem assistir a vídeos online do que à televisão. 

6 em cada 10 pessoas optam pelos conteúdos de vídeo em relação à TV (Google)

A preferência por conteúdos em vídeo fica evidente quando olhamos para as novidades das plataformas digitais. 

Facebook, Instagram, LinkedIn, e Twitter estão rumando para um conceito chamado ‘video-first’ (primeiro o vídeo).

Ou seja, as redes estão elaborando e focando em novos canais dentro das próprias plataformas como os ‘stories’ e as 'lives'.

Da mesma forma, as plataformas que nasceram focadas em conteúdos em vídeo, como o YouTube e o TikTok, tiveram recentemente um crescimento considerável no número de usuários. Este fato fez delas referências no mercado de consumo de vídeo online. 

Além da busca incessante por entretenimento, os usuários da internet acessam essas plataformas de vídeo online para se informar, aprender coisas novas e comprar.

Pense na última vez que você fez uma compra online. Muito provavelmente você assistiu a um vídeo antes de finalizá-la, certo? Em outras palavras, atualmente, o video marketing é aguardado pelos consumidores.  

A importância do vídeo marketing no seu site

Ter uma estratégia de vídeo marketing traz vários benefícios, e um deles é o auxílio na classificação do Google.

A Insivia afirma que um site tem 53 vezes mais chances de chegar à página inicial do Google se ele incluir vídeos em suas páginas.

Já a Cisco afirma que, em 2022, os vídeos online representarão mais de 82% de todo o tráfego da Internet - 15 vezes mais do que em 2017.

Agora que você já entende a importância do video marketing para sua rotina e todos os seus benefícios, está preparado(a) para começar a desenvolver a sua estratégia. Vamos nessa?

Os principais formatos de video marketing

Antes de começar a produção de fato, é fundamental que você saiba quais são os tipos de conteúdo que deseja criar. 

E também, principalmente, quais são os formatos adequados para usar na sua estratégia. No fim das contas, cada formato de vídeo dispõe de características específicas e demanda recursos distintos.

Listamos os 8 formatos mais importantes para que você possa utilizar na sua estratégia de video marketing digital.

1) Institucional

Qualquer marca ou empresa tem como objetivo se comunicar com o seu público, propagar os seus valores e se mostrar de forma construtiva e determinada para o mercado. 

Nesse sentido, um dos formatos mais influentes são os conteúdos de caráter institucional. 

O objetivo de um vídeo institucional é difundir a cultura da empresa e o seu posicionamento no mercado. Uma estratégia feita para consolidar a marca, criando uma identificação forte com o público e gerando reconhecimento e prestígio.

2) Pessoal

Não é tarefa exclusiva das marcas e empresas criarem autoridade e gerarem valor na internet. 

Os profissionais do mercado também precisam entender a importância do video marketing no dia-a-dia deles. E os conteúdos em vídeo são parte fundamental dessa estratégia pessoal.

É através deste formato de conteúdo em vídeo que os profissionais conseguem destacar suas principais características de uma forma mais eficaz e participativa. Gerando, assim, mais valor para as marcas que eles representam. 

3) Comercial

Esse formato talvez seja o mais tradicional de todos, mas nem por isso menos importante. 

Os vídeos comerciais consistem em anúncios em formato de vídeo, elaborados para impulsionar os produtos e serviços de uma determinada marca ou empresa. 

Fundamentalmente, esse tipo de conteúdo tem uma intenção clara: vender a sua marca. E como consequência disso, gerar o desejo por parte dos consumidores.

4) Educacional

Como o próprio nome já diz, esses vídeos têm um objetivo principal: ensinar algo a alguém. 

A internet trouxe a democratização da informação. Unindo a vontade das pessoas em aprender com um formato relevante, surgiram as vídeo aulas, por exemplo. 

5) Casos de uso (Video case)

Esse é o formato ideal para quando você está buscando passar uma ideia de autoridade e, principalmente, credibilidade em relação à sua marca ou produto. 

Os casos de uso demonstram, na prática, como o seu produto ou serviço auxiliou na resolução de um problema real de uma marca, trazendo mais credibilidade. 

6) FAQ (Frequently Asked Questions)

FAQs, certamente, são um dos conteúdos mais simples de serem executados. 

Tratam-se dos vídeos relacionados às perguntas mais frequentes que seu produto ou serviço tenha recebido durante sua jornada. 

Assim como os casos de uso, esses conteúdos relacionados às principais perguntas também podem (facilmente) ser transformados em vídeo. 

Desta forma, é possível usar diversos recursos de uma produção audiovisual para elaborar um conteúdo didático e, ao mesmo tempo, autoexplicativo. Fortalecendo a relação entre marca e público foco. 

7) Demonstrativo

Dificilmente esse formato de conteúdo ficaria de fora desta lista. Os vídeos de demonstração de produto são perfeitos para serem utilizados na página inicial de um site, por exemplo. 

Em essência, têm como principal objetivo demonstrar para uma determinada audiência a funcionalidade de um produto e como ele pode resolver um problema. 

O mais incrível disso tudo é que esse formato de conteúdo pode ser usado para além dos produtos físicos, pode ser aplicado também para um software, por exemplo. 

8) Transmissão ao vivo

Por fim, o queridinho da internet dos últimos anos, especialmente quando falamos sobre consumo de vídeo online nas redes sociais. 

As transmissões ao vivo se encaixaram perfeitamente na rotina das pessoas e se tornaram uma estratégia importantíssima para marcas e empresas. 

Quando o assunto é engajamento, as lives figuram entre os formatos com maiores resultados e cada vez mais surpreendentes. Apresentando uma taxa de retenção 8 vezes maior, de acordo com Livestream.

Existem diversas possibilidades dentro deste formato. Desde acompanhar os bastidores de uma produção, passando pela cobertura ao vivo de um determinado evento até a realização de webinars mensais. 

Video Marketing: começando a produção 

Agora que você já identificou o formato que melhor encaixa com o momento da sua marca ou cliente, já está quase pronto para começar a traçar sua estratégia em vídeo.

Como toda estratégia de marketing digital, produzir conteúdos em vídeo requer uma atenção muito especial e um planejamento bem certeiro. 

Afinal, qualquer equívoco na produção do seu conteúdo pode gerar um forte ruído entre o público e sua marca ou serviço. 

Visando descomplicar um pouco o processo de video marketing, listamos 4 etapas para você tirar as ideias do papel e começar a traçar sua estratégia hoje mesmo.

Continue a leitura e confira! 

1. Planejar, planejar e planejar

Antes mesmo de você pensar em juntar sua equipe e começar a produzir o seu conteúdo, é necessário pensar no propósito por trás daquilo que você quer produzir.

Todas as decisões que você tomar durante a produção deste conteúdo precisam estar muito alinhadas ao objetivo da sua estratégia. E também ao que você espera em relação ao seu público. 

Caso o seu objetivo seja promover um produto para a pele, por exemplo, o formato que você escolher terá um peso importante ao final do processo.

Sem um planejamento e uma organização clara dos seus objetivos e desejos em relação ao vídeo, muito provavelmente você ficará totalmente perdido na hora de produzir.  

Sendo assim, antes de qualquer coisa, reúna o seu time (caso tenha um) e faça uma reunião de alinhamento. Junte o máximo de ideias possíveis. Defina o que você espera alcançar de resultado com esse conteúdo e, então, estará preparado para iniciar a produção. 

2. Escolha corretamente os indicadores de performance

Depois de definir o objetivo do seu conteúdo em vídeo, chegou a hora de escolher quais serão os parâmetros para que seu vídeo seja bem-sucedido.

Ter clareza sobre esses principais indicadores com antecedência garante que você não jogue fora o seu tempo olhando para métricas e números que não vão trazer o retorno esperado. 

3. Estude o seu público-foco

Como toda boa estratégia de marketing digital, ter clareza sobre qual é o perfil do seu público é fundamental para o processo.

Todo o conteúdo deve ser pensado de acordo com as preferências, interesses e comportamento do público definido previamente. 

Por exemplo, os vídeos que uma mulher adulta que tem como plataforma principal o Facebook são significativamente diferentes dos conteúdos mais populares entre os adolescentes homens que usam o TikTok diariamente. 

Portanto, é fundamental entender os interesses da sua audiência, o que ela gosta de assistir e quais canais ela tem mais acesso. 

Entender o seu público com um maior nível de granularidade te ajuda a produzir um conteúdo mais relevante e, consequentemente, mais assertivo.

4. Analise os seus concorrentes

É bem provável que o seu principal concorrente entenda a importância do video marketing e esteja aplicando no dia-a-dia da empresa.

Então, estudar o mercado e seus concorrentes é fundamental nessa jornada. 

Comece observando o que seus adversários de mercado vêm produzindo quando o assunto é conteúdo em vídeo. Desde as campanhas que estão obtendo bons resultados até aquelas que não estão.

Acompanhar periodicamente o que as outras empresas do seu segmento estão produzindo acaba por tornar a sua experiência mais fluida na hora de pensar em uma estratégia de video marketing. 

Mas muita atenção nesse ponto! Monitorar o que os seus concorrentes andam fazendo por aí não tem qualquer relação com plagiar o conteúdo alheio. O objetivo é identificar oportunidades e não copiar o trabalho do outro.  

5. Acompanhe os seus resultados

Essa é uma das etapas mais importantes de todo o processo. Logo após você seguir todos os passos e colocar as suas ideias no mundo, é fundamental monitorar e acompanhar os resultados. 

É desta forma que você saberá se sua estratégia está obtendo um bom desempenho na internet. Durante esse acompanhamento você terá clareza se está perseguindo o caminho correto ou se será necessário realizar alguns ajustes. 

Você deve estar se perguntando como fazer isso, certo?

Não tem mistério! Existe uma gama enorme de dados e métricas que você pode (e deve) avaliar. Contudo, as mais comuns numa estratégia de vídeo marketing digital são as taxas de retenção, abandono, conversão e engajamento. 

Caso os números estejam abaixo do que você esperava no início da jornada, não se desespere. Busque identificar o que está errado na sua campanha e, se for possível, tente mudar a sua abordagem durante o processo.

Notas Finais

Prontinho! Agora você já sabe o que é video marketing e, principalmente, como implementá-lo na rotina da sua marca ou empresa! 

Depois de uma contextualização sobre o que é video marketing e qual o futuro do marketing digital, reúna sua equipe, faça um brainstorm, escolha o formato ideal e comece a produzir conteúdos em vídeo. Sem se esquecer de acompanhar os resultados depois. 

Já passou da hora de incorporar a estratégia de vídeo marketing digital na sua estratégia tradicional.

Mãos à obra! ;)