Chat with us!

Consumer Insights: como conhecer a sua audiência com dados

Consumer Insights é um processo moderno e inovador que busca interpretar os dados do seu consumidor visando entender e mapear o que ele realmente quer e precisa. 

Os dados são o aliado número 1 de uma estratégia de marketing centrada no consumidor

Com o acesso aos dados cada vez mais democratizado no mundo, ficou ainda mais simples criar estratégias de marketing pensadas a partir das características e preferências de consumo do seu público. 

Compreender os desejos e necessidades dos seus consumidores é fundamental para garantir que a sua marca ou empresa esteja verdadeiramente preparada para o futuro.

De forma geral, o Consumer Insights é um processo que, se feito da maneira correta, tem o poder de revolucionar o seu negócio. E, para isso, é necessário usar os dados a seu favor.

O objetivo de toda empresa em evolução é atrair novos clientes, reter os clientes antigos, promover novas experiências de consumo e, como consequência disto, gerar ainda mais receita para sua marca ou empresa.

Pode parecer uma fórmula complexa de sucesso. Mas, acredite, não é! 

Neste guia vamos te ensinar o que é Consumer Insights, como conhecer sua audiência e criar uma estratégia que seja centrada no seu consumidor. Vamos nessa?

O que é Consumer Insights?

Em essência, é um processo de coleta de informações relevantes usado por empresas e marcas para obter uma compreensão mais profunda e detalhada sobre como a sua audiência se comporta e quais são seus interesses. 

Consumer Insights é um processo que vai além das tendências de mercado

O uso de dados em estratégias de marketing vai muito além de uma simples tendência de mercado. Esta prática é uma regra caso você esteja buscando resultados relevantes para a sua marca. 

Por décadas, as empresas formularam estratégias de marketing com base em definições vagas e estatísticas gerais para compreender os desejos do consumidor. 

O que ocasionava isso? Muitas vezes, a falta de conhecimento e, por outras, a falta de dados reais que sustentassem as suposições.

Com o passar dos anos, os profissionais de marketing foram entendendo que a jornada do consumidor deve ser pensada e entendida do começo ao fim e, principalmente, mapeada a todo instante. 

E as marcas que colocam o cliente como o foco do seu sucesso já entenderam isso. 

Qual a importância de traçar uma estratégia pensada no consumidor?

Uma estratégia consumer-centric é indispensável para aumentar o nível de percepção que você obtém dos seus clientes e te ajudar a tomar decisões de negócios ainda melhores.

No mundo atual, marcas e empresas fazem um esforço sem tamanho para coletar informações de seus consumidores através dos seus próprios canais de nutrição (tais como, social media e CRM). 

Contudo, o grande desafio desse processo consiste em garantir que esses dados sejam verdadeiramente relevantes. 

E é por isso que pensar em uma estratégia de marketing pautada nas necessidades e desejos do consumidor é tão importante!

Os insights colhidos dos próprios canais das marcas fornecem uma construção abrangente de todos os tipos de consumidores interessados em comprar os produtos ou serviços oferecidos. 

E ainda, eles possuem informações que possibilitam a criação de narrativas mais interessantes e mensagens cada vez mais impactantes para cada audiência. E o melhor de tudo: no momento certo. 

Porém, o que é preciso para criar uma estratégia na qual o Consumer Insights é quem guia as decisões? Continue a leitura para descobrir. 

1) Identificar os problemas reais

Do que adianta você já ter as respostas certas sem ter a clareza de qual pergunta fazer? Você só irá encontrar as respostas que procura quando acertar na pergunta. 

Por isso, é muito importante que você e sua equipe definam quais são as questões estratégicas que regem o seu tipo de negócio. 

Este é o primeiro passo para identificar os problemas reais que a sua marca precisa solucionar. 

2) Reunir os dados corretos

Em um mundo hiperconectado como o nosso, os consumidores gastam boa parte do tempo online. 

As pessoas utilizam uma infinidade de dispositivos e plataformas para comprar, e cada etapa dessa jornada deixa uma pista vital sobre o comportamento deste usuário. 

Quando você se predispõe a coletar os dados corretos através da maior quantidade de fontes possíveis - cookies de site, programas de fidelidade, mídias sociais e etc - é necessário garantir que os dados entregam informações relevantes e reais sobre o que o seu consumidor deseja e tem interesse.

Logo, se certificar de que você está informado e procurando as respostas certas a partir de dados confiáveis é um grande passo para construir uma estratégia centrada no seu consumidor.

3) Seja simples

A palavra-chave para construção de qualquer narrativa nos tempos atuais é autenticidade. Quando falamos de estratégias de marketing, as ideias simples são as que possuem o maior impacto. 

Então, para auxiliar o seu time criativo a penetrar na mente do seu público foco, aproveitando os insights que foram coletados durante o processo, mantenha o foco no seu consumidor e na simplicidade do negócio.

4) Crie personas e foque na jornada do cliente

Essa etapa é uma das mais importantes do processo. É nela que você e seu time começam a peneirar e procurar quais são as informações relevantes diante da quantidade exorbitante de dados coletados. 

Por meio da criação de personas a partir dos dados coletados do consumidor é que será possível entender quem eles realmente são, o que os motiva, quais são suas prioridades e quais são os principais desafios que esse consumidor enfrenta no dia-a-dia. 

A clareza sobre esses pontos é fundamental para a construção da sua estratégia criativa e para atingir em cheio a sua audiência. 

Lembre-se: durante o processo, os dados obtidos irão te permitir mapear a jornada completa desse consumidor, entendendo, assim, como o seu público interage com cada etapa da sua estratégia de marketing. 

5) Torne os dados descomplicados

Lembre-se que trabalhar com dados (em alguns casos) pode ser um pouco amedrontador para quem não tem intimidade ou não tem contato com eles diariamente.

Por isso, apresente-os de forma criativa e amigável. Dessa forma, seus clientes ou até mesmo colegas de trabalho passam a ter uma maior compreensão sobre as suas principais descobertas em relação ao comportamento do consumidor.

Dica: use e abuse de recursos visuais, gráficos e tabelas. Isso ajuda a aproximar as pessoas e dar mais vida para a pesquisa. 

6) Contextualize os seus insights

Sabemos os riscos que uma mensagem fora de contexto pode ter. 

E um insight descontextualizado não é somente inútil para a sua marca, mas também pode causar um impacto negativo na imagem do negócio.

A chave para produzir algo relevante para sua audiência está na inteligência de conseguir alinhar as percepções do público com os seus objetivos, combinando isso com os dados comportamentais para dar a mensagem certa no momento e lugar certos.

Neste momento, ter uma equipe diversa é fundamental para garantir uma ampla gama de percepções sobre o insight obtido através dos dados de consumo e, por consequência, garantir bons resultados.

7) Coletar os aprendizados e repetir o que deu certo

Como todo processo, temos erros e acertos durante a nossa jornada de experimentação.

Por isso, é muito importante ter clareza sobre tudo o que funcionou durante a sua estratégia e, principalmente, o que não funcionou também. 

Ter conhecimento sobre as partes que não deram tão certo é fundamental para se programar para os próximos passos e não repeti-las.

Por outro lado, abrace tudo o que deu certo. Afinal, colher e documentar os pontos positivos (e que funcionaram!) te ajuda a aprimorar cada vez mais as suas estratégias.

Vale ressaltar que esse processo precisa ser realizado de uma maneira ágil para que os seus resultados permaneçam relevantes no final do dia. 

O processo do Consumer Insights deve ser pensado de maneira contínua, tendo sempre em vista que o seu público é vivo e mutável. 

Por isso, saber acompanhar as mudanças de comportamento é também uma ótima forma de conseguir prevê-las. 

Quais ferramentas devo utilizar?

Agora que já debatemos sobre o que é Consumer Insights, qual a sua real importância e quais são as principais etapas para tirar sua estratégia do papel. 

Para conseguir esses dados que são tão importantes para elaborar sua estratégia, além dos já conhecidos processos e métodos tradicionais de pesquisa de público, existe uma infinidade de ferramentas e softwares que podem te auxiliar a extrair o máximo de informações relevantes sobre o seu público. 

Pensando nisso, elaboramos uma lista breve dessas ferramentas (pagas e gratuitas) para você poder desfrutar e analisar os dados de consumo da melhor forma possível.

1) Google Forms e Google Surveys

Caso seu orçamento seja mais curto ou até mesmo limitado, o Google Forms pode ser um excelente caminho gratuito para você. 

Contudo, é importante pontuar que toda a parte de divulgação da pesquisa ficará sob sua responsabilidade.

Por outro lado, se o cofrinho estiver um pouco mais cheio, o Google Surveys (ferramenta paga) pode te oferecer planos melhores e com valores bem acessíveis. 

O grande diferencial em relação ao Forms é que essas pesquisas podem ser disparadas como anúncios.

2) Google Trends e Google Correlate

Se você quer saber com exatidão o que está sendo buscado (em um grande volume) na internet, o Google Trends pode ser o seu melhor amigo nesta jornada. 

Com esta ferramenta gratuita, você pode realizar pesquisas relacionadas ao seu tema de maior interesse ou até mesmo encontrar informações demográficas sobre tendências.

O Google Correlate, por sua vez, se trata de uma ferramenta 100% complementar ao Google Trends. 

Nela, você pode procurar, por exemplo, o que um mesmo público pesquisou sobre um certo termo, indo além dos temas e assuntos mais populares. 

3) Google Analytics

Esta é uma das ferramentas mais famosas e utilizadas entre os profissionais de marketing no mundo todo. 

Através do Google Analytics você consegue verificar o desempenho de blogs e sites, além de monitorar a sua performance.

O monitoramento desses resultados é crucial, principalmente para ter clareza sobre o que está sendo feito da maneira correta e em quais pontos você pode otimizar a sua estratégia.

4) Winnin Insights

 Winnin Insights  é uma ferramenta com inteligência 100% focada em vídeos online, que te auxilia a verificar o desempenho e monitorar a performance de conteúdos. 

A plataforma revela quais são os assuntos e formatos que as pessoas mais estão assistindo na internet e disponibiliza métricas que te ajudam a criar conteúdos data driven totalmente voltados para os interesses reais do seu público. 

Como sabemos, o video marketing já é a realidade do universo dos conteúdos online e ter ferramentas que tornem o processo criativo menos doloroso e muito mais fácil é fundamental.

Saiba mais sobre o Winnin Insights clicando aqui.

Notas finais

Consumer Insights geram valor (e receita!).

Então, o momento para traçar uma estratégia de marketing que seja pensada de fora pra dentro é agora! 

Eles são verdadeiramente estratégicos se você souber exatamente o que fazer com os insights. 

Ao longo deste post, apresentamos diferentes aprendizados e dicas sobre como implementar uma abordagem centrada no consumidor verdadeiramente orientada por dados utilizando o processo de Consumer Insights.

Resumindo: não se concentre apenas nos dados, concentre-se no que você deseja alcançar com eles. É simples assim quando se trata de tomar decisões baseadas em dados.