Chat with us!
Quais são as transformações na produção de conteúdo em vídeo sobre finanças no Brasil?

A produção de conteúdos em vídeo sobre Economia & Finanças está passando por uma revolução no Brasil.

Como não poderia ser diferente, essas transformações estão impactando diretamente o setor e marcas mais tradicionais no segmento.

Novos players e dinâmicas, como bancos digitais, Fintechs e o Pix, sacudiram a indústria. E novas marcas e produtos buscam um lugar ao sol. 


Com o impulsionamento da competição no segmento, a tendência é que os players invistam mais em novas possibilidades.


A boa notícia é que neste artigo você vai entender mais sobre essas transformações e quais são os principais aprendizados que esses players podem extrair delas.


Boa leitura!

A revolução financeira está acontecendo através da educação

Sim! Os dados apontam que o setor financeiro, que está em transformação, vive agora uma revolução através da educação.

São os conteúdos acessíveis e educativos que estão empoderando tanto consumidores quanto marcas do segmento.

E o brasileiro está usufruindo - e muito - destes conteúdos para aprender a lidar melhor com a sua vida financeira.

Se pudéssemos traduzir esse aprendizado em uma fórmula, ela seria:

conhecimento + competição = EMPODERAMENTO FINANCEIRO.

Mas não para por aí: durante o mapeamento e análise dos dados sobre Economia & Finanças, descobrimos que há uma oportunidade muito grande para as marcas se destacarem.

Continue a leitura para entender tudo!

Esse é o momento para as marcas do segmento financeiro se destacarem

A grande oportunidade para as marcas se destacarem é, justamente, aprender com os criadores de conteúdo. 


Assim, elas podem ajudar players a criar conteúdos mais relevantes, engajando, assim, audiências cada vez mais interessadas no assunto. Te explicamos por quê:

Winnin Insights: dados globais do Facebook, YouTube e Instagram no último ano.

Quando olhamos para o que as pessoas estão assistindo dentro do tópico Economia & Finanças, os vídeos mais vistos são majoritariamente de marcas, com muitos conteúdos impulsionados.

Impulsionar conteúdos com mídia paga nunca foi um problema, mas abre espaço para uma questão: esses conteúdos despertam a atenção e engajam verdadeiramente o público?

É aí que os vídeos de creators entram em ação! Veja:

Winnin Insights: dados globais do Facebook, YouTube e Instagram no último ano.

Quando olhamos para os vídeos mais curtidos, todos eles são são de creators do tópico, mostrando qual é o tipo de conteúdo, formatos e assuntos que realmente estão engajando a audiência ativamente.

Ou seja, muitas marcas já têm alcance de views e, para se tornarem ainda mais relevantes, devem usar esse espaço para conquistar também o engajamento ativo da audiência se inspirando nos conteúdos de creators.

Mas você deve estar se perguntando: qual é, afinal, a audiência dos vídeos sobre Economia & Finanças?

É o que vamos te mostrar no próximo tópico!

Mas afinal, qual é a audiência de Economia & Finanças?

A revolução financeira sobre a qual estamos falando não acontece sozinha: as pessoas também participam ativamente dela! 

E podemos observar tal transformação no gráfico abaixo, que mostra a divisão etária do público consumidor dos conteúdos sobre Economia & Finanças no Brasil.

Winnin Insights: dados globais do Facebook, YouTube e Instagram no último ano.


Podemos observar que homens Millennials seguem dominando a audiência do tópico, algo esperado, uma vez que assuntos relacionados a finanças, economia, dinheiro e empreendedorismo estão majoritariamente ligados ao gênero masculino pelos arquétipos de gênero socialmente construídos.

Mas, ao mesmo tempo, podemos observar a mudança. E ela acontece através da Geração Z: mulheres de 13 a 24 anos estão cada vez mais presentes, buscando por empoderamento financeiro.

Notas Finais

O momento para marcas tradicionais do setor financeiro transformarem a sua comunicação é agora! 

E os vídeos são uma ferramenta poderosa para alcançar este objetivo. Com a ajuda - e se inspirando - nos creators que já são relevantes e estão falando sobre assunto que as pessoas realmente querem ouvir, as marcas possuem uma grandiosa oportunidade em suas mãos.

E ainda, uma comunicação assertiva e poderosa é aquela pautada no conhecimento do seu público, entender quais são seus gostos e suas necessidades.

E esse é mais um ponto que os dados mostram transformações, pois mulheres da Geração Z já passam a dominar esse assunto. 

E aí? Curtiu esse insight? Saiba mais sobre as transformações na produção de conteúdo em vídeo sobre finanças no Brasil baixando o nosso report!